O que está buscando?

Rogério Júnior, atleta do SESI-SP, vai representar o Brasil em dois torneios internacionais de Parabadminton

O jovem de Presidente Prudente foi convocado pela Confederação Brasileira de Badminton

 Por: Sesi Presidente Prudente
08/02/201915:08- atualizado às 09:29 em 29/03/2019

O atleta do SESI-SP Rogério Júnior Xavier de Oliveira, de Presidente Prudente, foi convocado pela Confederação Brasileira de Badminton (CBBd) para representar o Brasil em dois torneios internacionais de Parabadminton em 2019. Ele participará da Turquia Internacional e do Dubai Parabadminton, que acontecerão em Antalya (Turquia) e Dubai (Emirados Árabes Unidos) entre os dias 25 e 30 de março e 1º a 7 de abril, respectivamente.

A convocação é fruto dos resultados obtidos por Rogério em disputas nacionais e internacionais em 2018, o que o levou a ocupar o primeiro lugar no ranking nacional da modalidade. O desenvolvimento obtido nos treinamentos que aconteceram no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), também foram essenciais para a conquista.

Essa não será a primeira vez que o jovem participa de uma competição internacional. Em 2016, ele foi para a Colômbia no Pan-Americano e, no passado, esteve no Torneio Internacional na Espanha e novamente no Pan, no Peru.

“Eu venho me preparando para essa convocação desde o dia 7 de janeiro, com treinos bem intensos, com táticas de jogo, aperfeiçoamentos nos golpes e correção de detalhes. A expectativa, agora, é garantir uma vaga para os Jogos Pan-Americanos, que serão em Lima (Peru), ainda em 2019”, relata o atleta.

Para Mayara Bacarin, técnica do Rogério, a alegria e a satisfação ao ver o desenvolvimento do jovem são indescritíveis. Ele começou no Programa Atleta do Futuro (PAF) em 2014 e, desde então, evoluiu muito no esporte.

“Ele é esforçado, dedicado e com um potencial enorme. É uma alegria poder fazer parte dessa caminhada dele dentro do PAF, o que o encaminhou para o treinamento esportivo e, hoje, ele é um atleta do rendimento do SESI-SP. Saber que ele é fruto do trabalho de toda a equipe do SESI-SP e reconhecer também a importância que nós temos na vida dele é maravilhoso. O Rogério respira e vive o badminton”, confessa a técnica.